quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Flora, meu sertão florido!


Embora circundada por consensos de caráter geral, sempre percebi que os espaços de uma região são fragmentários; são sentidos e consumidos de diversas formas. E atraída por essa pluralidade de tempo-espaço, responsável pela multiplicação de identidades, enveredei pelo caminho da arte fotográfica em busca de desvelar e revelar os espetáculos naturais erigidos no entorno marginal das cidades do semi-árido, ciente que a Caatinga apresenta a mais diversa das paisagens brasileiras – não se oferecendo facilmente à leitura.
Com o projeto fotográfico “Retrato e Canção” venho investindo esforços no sentido de forçar uma visibilidade sobre a sua biodiversidade, com o intuito de gerar uma nova consciência que afirme o melhor aproveitamento dos seus recursos, de maneira sustentável. 
Natural e moradora de Pio IX – cidade localizada no chamado polígono das secas – sempre me embaraçou a descontextualização predominante na prática pedagógica e no material didático das nossas escolas, o que levou-me à apropriação da fotografia como instrumento de prospecção e socialização de conhecimento sobre os seres da caatinga.
A partir daí, sempre norteada por fundamentos como diversidade ambiental e pluralidade cultural, fui esbarrando em cenas da mais pura relevância poética...clic! Aprisionei a poesia! E assim conto os “Segredos da Vida" da Flora, do Sertão Florido!


1.Aguapé-do-grande (Nymphaea pulchella) 

2. Cardo-santo - Argemone mexicana (também chamada de erva-de-cardo-amarelo, papoula-de-espinho e papoula-do-méxico)

3. Crista-de-galo - Heliotropium indicumCrista-de-galo, crista-de-peru, fedegoso, gervão-branco, borragem-brava, cravo-de-urubu, aguaraciunha-assu, aguaraquiunha, jamacanga e jacuacanga, erva-de-são-fiacre, aguaraá, tureroque, turirí, borracha-brava, grinalda-de-boneca. 

4. FacheiroFacheiro Azul ou Mandacaru de Facho (Pilosocereus pachycladus)

5.Mandacaru - (Cereus jamacaru)

6.Xique-xique (Pilosocereus gounellei) 

7.Quipá (Tacinga inamoena)

8.Flor de seda (Calotropis procera ) - Bombardeira, Algodoeiro de seda ou Rosa cera. 

9.Imburana (Commiphora leptophloeos)

10. Pereiro (Aspidosperma pyrifolium) 

11.Jurubeba - Solanum paniculatum

12.Malva (Sida galheirensis)

  13. Pinhão roxo (Jatropha gossypifolia) é também é conhecido como pinhão-de-purga, pinhão-paraguaio e pinhão bravo.
14.Pinhão-bravo (Jatropha mollissima)

15.Mariana (Commelina ?) - Lagrima de santa Luzia; erva de santa luzia.

16.Pau-Branco (Cordia oncocalyx)

17.Pau-d'arco (Tabebuia avellanedae) - mais conhecido como ipêpau-d'arcoipeúva.

18.Pau d'arco - Tabebuia aurea

19.Pau d'arco - Tabebuia alba

20. Jacarandá-mimoso (Jacaranda mimosifolia).

21. Pacotê (Cochlospermum vitifolium)

22. Mororó -  Nome científico: Bauhinia cheilantha (Bong.) Steud - pata-de-vaca, mororó-do-sertão, miroró, pata-de-cabra, mão-de-vaca, pata-de-veado.

23. Muçambê (Cleome spinosa L.), também conhecida como sete-marias, muçambê-de-espinhos, muçambê-miúdo e beijo-fedorento

 
 24. Arranca-estrepe - (Turnera subulata)Chanana, flor-do-guarujá, albina, saca-estrepe, seca-estrepe.

25. Umbuzeiro (Spondias tuberosa L)

26. Quatro-patacas - (Allamanda catártica L.) Nomes populares: alamanda, buiussu, carolina, cipó-de-leite, comandara, comandau, buiuçu, dedal-de-dama, orélia, purga-de-quatro-pacata, santa-maria.

27. Aroeira - (Myracrodruon urundeuva)

28. Mulungu – Erythrina mulungu

29. Cansanção (Jatropha urens) ou cansanção de leite

30. Catingueira - Caesalpinia pyramidalis Tul - popularmente conhecida pelo nome de catingueira, pau-de-rato ou catinga-de-porco.
31. Favela - Cnidoscolus quercifolius (sin. C. phyllacanthus. Anteriormente conhecida como Jatropha phyllacantha Müll.Arg.),popularmente chamada de favelafaveleirafaveleiro ou mandioca-brava.
  
32. Angelim - (Andira anthelmia)

33. Craibeira - Tabebuia aurea Família: Bignoniaceae. Nomes populares:craibeira, caraibeira, ipê-amarelo-do-cerrado.

34. Pau-mocó - (Luetzelburgia auriculata)

35. Pajeú (triplaris gardneriana) 

 36. Canafístula (Senna spectabilis var. excelsa)

37.Nicotiana glauca

38. Moleque-duro (Varronia leucocephala)

39. Pega-pinto (Boerhavia diffusa L.), agarra-pinto, bredo-de-porco, erva-de-porco, batata-de-porco,  tangaracá, erva-tostão.
40. Melosa roxa (Ruellia paniculata)


41 - Hidrolea spinosa L. (Hidrolaphyllaceae)


42 - João Gomes - (Talinum triangulares) - beldroega


 43. Maracujá da Caatinga (Passiflora cincinnata) - maracujá do mato; maracujá da serra. 

44 - Angico (Anadenanthera colubrina)

45. Malícia (mimosa pudica)

46.Unha-de-gato (Mimosa invisa) 

47. Jurema-preta (Mimosa hostilis Benth.)

47. Jitirana–azul (Ipomoea nil) 

48. Baba de sapo - (Richardia grandiflora)

49. Umari-bravo (Calliandra spinosa) 

50. Mucunã - (Mucuna pruriens) - mucunã-de-caroço e olho-de-boi













































7 comentários:

  1. Lindo demais! Informações preciosas com muita beleza !
    Cristina Schumacher

    ResponderExcluir
  2. Lindo demais! Informações preciosas com muita beleza !
    Cristina Schumacher

    ResponderExcluir
  3. MUITO SHOW ! https://www.facebook.com/Paisagens-da-caatinga-210259779156746/?fref=ts OLHA AI P QUEM GOSTA DA CAATINGA

    ResponderExcluir
  4. Olá seu álbum está perfeito! Sou professor de botânica na UFPB.
    Se quiser posso identificar suas plantas que estão indeterminadas.
    Em troca poder usar umas com os devidos créditos.

    ResponderExcluir
  5. Moro no Cariri da Paraíba, é triste ver tudo o que amo sumir com o tempo...
    Nem todos entendem como esse bioma é importante... Adoraria sementes dessas plantas...

    ResponderExcluir